terça-feira, 14 de outubro de 2008

LÁGRIMA


Lágrima

" E se vier, que venha com vontade
Venha com sua força
de lavar o peito
daquilo que não tem jeito
Se for de alegria
que molhe meu rosto
passeie pelo meu corpo
minha pele com seu gosto
sei até no que daria
Se de saudade for
que toque a minha boca
e eu chore você toda
Até a última gota
Mas se for de satisfação
deixo cair todinha e corro pra sorrir
Dois corpos enroscados
lábios colados
Vamos te engolir
Você dentro de mim
o ciclo recomeça
E quando aparecer
que venha sem pressa."

Mônica Carvalho
15/10/2008

4 comentários:

Nêga disse...

Maravilhosoooooooooooooooooo!

Eu não me canso de ler e elogiar.
Não pare, não pare, não pare.
Que sua inspiração nunca pare.

Bjs

Anônimo disse...

Mônica,
Adorei passear pelo seu Blog. Leve, diversificado, espirituoso.
Sempre admirei a pessoa humana que és, mas não sabia que estavas tão sábia, amadurecida.
Também gosto muito de escrever, parabéns pelas passagens de Osho, as fotos dos Incas, parabéns por ser. Uma abraço, Edu Lino.

Mônica disse...

Nêga,
Não páro não meu amor....tá apenas começando rsrsrs
Te amo e tô muito contente com seu carinho
Bjão

Mônica disse...

Oi Edu,
Que bom te ter por perto.
A admiração que sinto por você é totalmente recíproca.
Quero ler seus textos. Pode me enviar por e-mail?
Suma daqui não.
Bjo enorme